Por aqui vão surgir materiais de interesse para o apoio aos alunos do ensino secundário da Póvoa de Lanhoso, na disciplina de Português
Quinta-feira, 8 de Março de 2007
MULHER

a ti que ficas em casa e guardas com tua sombra o lar e preparas o pão e passas as tuas mãos ternas sobre as coisas que nos dão conforto.

a ti mulher, que na frenética respiração das máquinas misturas o bater do peito com o ritmo dos teares.

a ti mulher carregada do negrume das repartições em resmas de ofícios, que aguardas com olhar doce, cansado, irritado, o público contribuinte.

a ti mulher, que na competição cega das empresas reclamas a promoção, a chefia que longos milénios te negaram.

a ti mulher de bata branca que em zelos vários fazes saúde, educação.

a ti mulher, na lenta conquista do poder, nos media, na organização da res publica.

a ti mulher que és mãe, avó, esposa, amante, namorada, viúva, freira, companheira, amiga, camarada, prostituta, manequim, teenager, nas tuas múltiplas metamorfoses duma vida intensa.

A todas vós obrigado.

Publicado no «Aparipasso» em Março de 2006.



publicado por Manuel Sousa às 09:12
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


Entradas recentes

Visualizem a «curta» e co...

A necessidade de reactiva...

Luís Vaz de Camões

MULHER

Porque hoje é dia da MULH...

Se tens dúvidas na conjug...

Conto de Mia Couto

Comenta o vídeo

Poema de Fiama Hasse Pais...

Morreu a poetisa Fiama Ha...

arquivos

Junho 2008

Fevereiro 2008

Maio 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

tags

todas as tags

ligações
contador
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds